Defeito Capital da Luxúria

 SÉRIE DEFEITOS CAPITAIS

Luxúria é o defeito capital muito ligado ao dinheiro, a quem pode comprar, a quem tem condições financeiras para poder arcar com custos altos. Está ligada aos seus semelhantes: ostentação, libertinagem, sensualidade e opulência.

Ostentação:

Entendo como sendo a atitude de portar bens caros para gabar-se. Está ligada a cultura rap nos EUA e no Brasil ao Funk. A ostentação sai da cultura de elite e passa a fazer parte da cultura popular também. A ostentação atinge orgulhosos, ambiciosos, invejosos, aos que querem ser mais do que são, ou aparentar ser mais do que são. A ostentação é o Desejo desenfreado também de consumo. O ostentador busca a qualquer preço satisfazer sua necessidade de consumo e quer “aparecer” aos outros e, isso é o que importa. Não haveria ostentação se não houvesse orgulho próprio, inveja, se a sociedade tivesse uma moralidade diferente. A verdade é que todos estão pré-dispostos à ostentação.

Dizem que se quer alguém conhecer, de verdade, é necessário que dê poder a ele. A ostentação, para ser ostentação precisa de bens de valor material. Não dá para ostentar o que não se vê. É necessário fazer inveja ao outro que não pode ostentar. Nossa sociedade valoriza muito os bens materiais, nossa cultura atualmente pop, do funk, das comunidades, acostumou-se muito a filmes, novelas, propagandas televisivas que sempre incitam a importância de “ter” colocando em segundo plano o “ser”. O “ser” é coadjuvante, ou seja, necessário, mas não essencial. É preciso ter para ser, não ser para ter. Os valores estão invertidos exatamente porque nossa sociedade é consumista, capitalista, o que vale é o dinheiro, sem dinheiro não comemos, bebemos, vestimos. A ostentação também se assemelha à gula. Talvez não seja necessário ter mais de cinco pares de sapatos, mas o guloso além de querer mais, ostenta, faz desfile de seu bem, é preciso com que todos saibam que ele tem. Talvez, para ele, não tenha tanta importância ter, porém, o orgulho lhe diz que ele precisa ser e ser é mais do que ele é, precisa ser honrado, respeitado, temido, valorizado, não pelo que é, daí necessitar ter para alcançar seu valor.

Libertinagem:

O libertino é o que usa sua liberdade para extraviar, extravasar, sair do padrão, agir sem moralidade alguma. Libertinagem é satisfazer aos seus desejos a todo custo, é usar da ostentação, da sensualidade, de todos os recursos disponíveis para entregar-se aos prazeres carnais, deleitar-se no sexo, no gasto excessivo, na perda de tempo com a futilidade.

Sensualidade:

Ser sensual ou ser sexy é usar-se de meios que incitam o prazer carnal. Também ligada ao pop e rap norte-americano, e ao funk brasileiro. Sensualidade está atrelada a gestos obscenos, carícias que incitam ao sexo, a roupas curtas, justas, à pornografia, ao sexo explícito, palavras pejorativas. Está na música, na arte, nos livros, nos filmes. Os filmes e novelas, inclusive são um retrato social, às vezes uma tendência, sensivelmente captada e divulgada pela mídia fonográfica, pornográfica e cinematográfica.

Opulência:

É grandeza, esplendor, abundância. Um Rei, por exemplo, é sempre alguém que tem ao seu redor bens esplendorosos. Seu “trono” tem de ser de ouro, seus objetos “tem de ser” caros, da mais alta qualidade e preço. Sua mesa deve ser farta, sempre deve sobrar e jogar fora, senão, não é abundância.

Todos esses elementos são parte integrante ao que compreendemos como luxúria. Luxúria, então, é um prazer unicamente carnal, é a opulência em seu grau mínimo, ou seja, a gula de bens materiais, depois também é a ostentação desses bens. De outra parte, a sensualidade também pode ser uma luxúria em seu grau mínimo, depois vem a libertinagem. Só que luxúria é sempre luxúria. O rico necessita de uma vida digna como todos e seus bens são mais valiosos que os dos outros mais pobres. O milionário necessita da boa qualidade, aliás, ele pode ter boa qualidade em tudo o que é material. Não usufruir da benção da prosperidade e riqueza é tolice. Luxúria vai além, e o luxo peca pelo excesso, assim como a gula.

Anúncios

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s