Sobre Carma

DIFERENÇA ENTRE CARMA E LEI DE CONSEQUÊNCIA

karma-ocultism

 

Carma não necessariamente significa que você irá sofrer a mesma coisa que causa em outra pessoa.

Existem pontos de vista sobre isso:

 

Espiritismo:

Carma é a lei de ação e reação, que no cristianismo místico é a lei de consequência ou causalidade no misticismo.

Na lei de ação e reação a pessoa conjuga “carmas positivos e negativos”. Positivos são “carmas bons” e negativos são “carmas ruins”. É aquela história bíblica das palavras de Jesus: o que semear colherá, ou, que você será julgado segundo tuas obras. A fé, na verdade, não salva se o que se cobra são obras, e isso está correto porque você só prova sua vontade pela ação. E aí, mais um texto bíblico: a fé sem obras é morta.

Tiago, irmão de Jesus, escritor de uma epístola, disse que a única religião é atender às viúvas; ora, ele estava falando de obras. Para o espiritismo existe a lei do progresso, ou seja, tudo deve progredir e não retardar, ou seja, o espírito evolui.

Nessa de que o espírito evolui, é preciso realizar obras boas, ou seja, a caridade, e assim, você, procurando o bem comum e sendo fraterno e altruísta, aprende, cresce pelas experiências e vai galgando evolução. Nisso, tudo aquilo que fizer pode vir contra si mesmo, ou a seu favor, nas sucessivas encarnações, e por isso fazer o bem seria necessário, pra crescer mais rápido em evolução do espírito e sair do que os ocultistas orientais chamam de roda da encarnação. O objetivo, então, seria não mais ter que encarnar e chegar à perfeição.

 

Orientais:

Carma é realização. Carma é tudo, porque é movimento e o Universo está em movimento. Nada está estático, tudo vibra, então tudo está preenchido e não há nada vazio no espaço. Com isso, tudo o que faz é carma. Essa seria a diferença com relação à lei de ação e reação do espiritismo. Na verdade, devemos entender essa última como “consequência”. As pessoas misturam as coisas.

A lei de consequência é ação e reação, não é carma. Carma é realização, você realiza agora o seu presente e o seu futuro, sim, baseado na lei de causa e efeito. Porém, esta lei de causa e efeito, ação e reação, ou lei de consequência é uma ordem universal, uma organização cósmica que atua no universo. Causa e efeito seria colher o que foi semeado. Consequência é isso: colheita, efeito de uma causa. Percebe? É aquilo que vem depois de uma ação, o resultado de uma realização. O carma é a própria realização. Carma não está nos limites do espaço-tempo, carma é movimento, portanto, se realiza a todo tempo. A lei de consequência se realiza somente como produto de mundos e universos onde existem um jogo de opostos e a ilusão do espaço-tempo.

A religião Vedanta fala de uma técnica de ioga chamada karma-yoga, ou seja, você vive sua vida e a pratica com sabedoria, cumpre seus deveres e goza de seus direitos sempre sendo alguém sem egoísmo, mas sendo altruísta, auxiliando o próximo sempre, na medida de suas capacidades ou até se sacrificando em favor dele. Com isso, nem sempre a prática de meditar é necessária com a vivência digna e reta, pura em pensamento, palavras e ações, realizando as boas obras.

Com a realização do karma-yoga (caridade e retidão) é possível galgar elevadas experiências místicas além de evoluir sua própria alma. Isso é carma: realização. E como a prática dessa ioga deve ser despretensiosa e incondicional, ao fazê-la está se produzindo evolução espiritual.

 

Tendo dito estas coisas, chego a essas conclusões:

Não existe carma negativo ou positivo.

Carma é realização; e lei de consequência significa lei universal, de causa e efeito.

Anúncios

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s