Orixás e o Arquétipo na Umbanda 

​ 

É preciso esclarecer algo sobre entidades espirituais de Umbanda. 

Nessa religião, alguns seguimentos cultuam os chamados Orixás de Umbanda, que até se manifestam em algumas casas, embora seja de opinião mais lógica a que diz que, na Umbanda, Orixás não se manifestam nos médiuns.

Read More

Espiritismo é Ciência?

a ciencia e kardec - Edição Luan de Barros

“Assim como a Astronomia destronou os Astrólogos, o Espiritismo veio destronar os adivinhos, os feiticeiros e os que liam a buena-dicha. Ele é, para a magia, o que é a Astronomia para a Astrologia, a Química para a Alquimia.”

Allan Kardec

slide_3

👳🏽Essa é a fatal diferença do espiritismo para o espiritualismo. Se analisarmos, não caberia, para Kardec, no espiritismo magia, astrologia, misticismo, Ocultismo, etc. Porque não são ciências. Embora o Espiritismo também não seja uma ciência reconhecida, isso não olvida de tomar outras vertentes para análise.

👳🏽A dita ciência do espiritismo são observação e experimentos. O Espiritismo busca todas as respostas pelos Espíritos. São eles que direcionam e dão comprovações da existência da eternidade e suas implicações filosóficas.

 👳🏽No entanto, porque não seria, então, o autoconhecimento, a gnose, uma ciência? Uma pessoa que busca respostas na filosofia do seu interior, num direcionamento espiritual através unicamente de si mesmo, não pode ser uma experimentadora? A observação de si mesmo não é o mesmo que cientificar-se? Não poderia!

 👳🏽Ora, firmou-se, meus caros, que tudo o que é objeto de ciência é provado pelas condições materiais. Mesmo o Espiritismo que anuncia o Mundo Espiritual como a origem natural do ser, se baseia em provas factíveis do nosso plano pra poder dar à sua filosofia padrão de ciência. Pois o Homem só tem a capacidade de entender o que vê, ouve, toca, sente e, por isso mesmo, ouso dizer que, para ser Espírita, antes a pessoa deve ser cética.

Read More

Ópera Alabê de Jerusalém

 

Produção de Altay Veloso – Uma peça musical de temática espiritualista, onde o protagonista é um pai-velho de Umbanda que conta sua história vivida numa encarnação à época do Messias encarnado.

Participação de alguns artistas, dentre outros:

Ivan Lins – Sandra de Sá – Jorge Aragão – Lenine – Wando – Fafá de Belém – Adriana Lessa – Margareth Menezes – Peri Ribeiro – Alcione – Jorge Vercillo