Dogma e Ritual – Citações e Resumo II

Baphomet-Oc.emPauta

 

CAPÍTULO 7 (NETSAH) A ESPADA FLAMEJANTE

Este capítulo trata do tema do setenário e, como todos os outros números, está representado pela sua carta no tarô, a que corresponde ao número sete.

Sete são os planetas, os pecados capitais a serem vencidos, e há sete anjos:

  1. Sol: fé e orgulho, anjo da luz Mikael;

  2. Lua: esperança e avareza, anjo das aspirações e dos sonhos Gabriel;

  3. Marte: força e cólera, anjo exterminador Samael;

  4. Vênus: caridade e luxúria, anjo dos amores Anael;

  5. Mercúrio: prudência e preguiça, anjo civilizador Rafael;

  6. Júpiter: justiça e inveja, anjo do poder Zacariel;

  7. Saturno: temperança e gula, anjo das solidões Orifiel.

    Read More

Dogma e Ritual – Citações e Resumo I

Oc.empuata-dogmaeritual

 

DISCURSO PRELIMINAR

“Todo poder que não dá razão de si mesmo e que pesa sobre as liberdades, sem lhes dar garantias, é somente um poder cego e transitório: a autoridade verdadeira e duradoura é a que se apóia na liberdade, dando-lhe, ao mesmo tempo, uma regra e um freio. Isto exprime o absoluto em política.”

O homem é um Deus em ação, pois saiu das mãos de Deus, e está aprisionado em sua ignorância. Para libertar-se, deve quebrar as amarras pelo estudo e trabalho, pois a Verdade é Vida e Vida é Liberdade. Esta liberdade está alicerçada nos opostos e sempre a convergência deles é que traz benefício, pois um não vive sem o outro. Nesse sentido, há a Fé e a Razão, a Religião e a Ciência, a Autoridade e a Liberdade.

O Verbo Divino é o princípio, é o verbo em ação. Deus só produz, por isso ele não fala, ou usa palavras, mas o Verbo que é movimento. O Verbo é o primeiro princípio da criação. O Verbo encarnado no Messias mostrou ao homem a interação entre humanidade e divindade, provando que o Cristo realizava pelo Verbo, e que o homem tem potencial divino e pode usar do poder da Vontade que é força viva emancipada através do conhecimento da ciência dos antigos magos e da cabala.

 

VOLUME I – DOGMA

INTRODUÇÃO

“A pedra filosofal, a medicina universal, a transmutação dos metais, a quadratura do círculo e o segredo do movimento perpétuo, não são, pois, nem mistificações da ciência nem ilusões da loucura; são termos que se devem entender no seu verdadeiro sentido, e que exprimem os diferentes empregos de um mesmo segredo, os diferentes caracteres de uma mesma operação que definimos de um modo mais geral, chamando-a somente a grande obra.”

Read More

Prazer Sexual no Gnosticismo

DIFERENÇA ENTRE OS PRAZERES ERÓTICO E ORGÁSMICO

EROTISMO-OC.EMPAUTA

Por: Giordano Cimadon


Alguns estudantes gnósticos, em sua busca por entendimento a respeito das orientações gnósticas sobre a sexualidade, receiam que a disposição de evitar a ejaculação e o orgasmo resultem numa atitude repressiva que o leve ao isolamento social. Este tema exige uma reflexão abrangente sobre o tema da sexualidade sob a perspectiva gnóstica e sobre a recomendação relacionada com o prolongamento do ato sexual, com o orgasmo e a ejaculação.

Em essência, a doutrina gnóstica propõe e ensina a Revolução da Consciência, que significa a alteração do estado atual da consciência para um estado completamente novo, no qual ela alcança seu despertar completo e, então, pode manifestar os atributos divinos. Para isso é preciso antes compreender, de maneira íntima e profunda, que o estado atual da consciência humana é limitado, o que faz com que nossa relação com o mundo que nos cerca também seja limitada.

Read More